A Faculdade do Baixo Parnaíba (FAP), credenciada pela Portaria Ministerial nº 366/2007, originalmente denominada Instituto Superior das Ciências da Educação do Baixo Parnaíba (ISCDE), autorizado pela Portaria Ministerial nº 196, de 19/01/2005 - D.O.U de 21/01/2005, com foro e sede na cidade de Chapadinha/MA, na Av. Ataliba Vieira de Almeida, 1.452 – Centro, é uma  Instituição  de  Ensino Superior  mantida pelo Centro  Regional  de Ensino Superior Arno Kreutz (CRESU), pessoa jurídica de direito privado, CNPJ sob o nº 03.985.642/0001-85, cujo estatuto encontra-se registrado no Tabelionato do 1º Ofício de São Luís.

Inicialmente, o ISCDE foi autorizado a oferecer os cursos de Licenciatura Plena em Letras com habilitação em Português e Inglês, com 200 vagas anuais, e o Curso Normal Superior - habilitação em Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental com 400 vagas anuais, ambos, nos turnos diurno e noturno. Teve as suas atividades iniciadas no dia 28 de fevereiro de 2005 com 300 alunos matriculados no 1º semestre letivo, sendo 200 alunos no Curso Normal Superior e 100 no Curso de Letras.

Atualmente, a FAP, recredenciada nos termos da Portaria de nº 874/2016 – D.O.U. N°156/2016, oferece os Cursos de Licenciatura em Pedagogia, Letras – Português/Inglês e respectivas Literaturas, Letras – Português/Espanhol, de Bacharelado em Administração, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção, Serviço Social e Tecnólogo em Gestão Desportiva e de Lazer, nos turnos vespertino e noturno. Além da graduação, oferece, ainda, cursos de pós-graduação “lato sensu” nas áreas de Docência do Ensino Superior, Gestão e Supervisão Educacional, Direito Educacional, Alfabetização e Letramento, Psicolinguística, Psicopedagogia Clínica e Institucional e Saúde Pública, Acupuntura e Massoterapia, assim como Programas de Extensão.

A FAP é fruto de uma geração de estudantes da Região do Baixo Parnaíba e, em especial, de Chapadinha, que tinha como ideário oportunizar aos filhos da terra, principalmente àqueles que não dispunham de condições financeiras para chegar aos grandes centros, uma formação profissional. A credibilidade desta Instituição não se constata somente pela legitimidade de sua documentação, e/ou pelas médias alcançadas na avaliação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), mas fundamentalmente pelos sujeitos participantes dessa experiência, o que pode ser verificado no âmbito dos trabalhos desenvolvidos e nos espaços onde os egressos se apresentam.

A partir do trabalho desenvolvido na Instituição, percebeu-se a mudança de comportamento da comunidade acadêmica interna e externa, no percurso da construção de suas profissionalidades. Um número expressivo de profissionais formados por esta IES constitui-se em um dos principais fatores do crescimento social de Chapadinha e das regiões circunvizinhas. A presença relevante desses profissionais se faz notar pela atuação em empresas, em sistemas municipais e estaduais de ensino, em universidades públicas e privadas, em lideranças do setor econômico e financeiro, no empreendedorismo e até nos intercâmbios intranacionais.

Ressalta-se, portanto, o pioneirismo da FAP que, aliando tradição com inovação, ciente das profundas transformações sociais e econômicas pelas quais o Brasil e o mundo têm passado nos últimos anos, teve a sensibilidade de intervir na ausência de incentivos na formação profissional para a ocupação de postos de trabalho pelos cidadãos da cidade e da região. Tal ação tem renovado a esperança e o papel de coautores do desenvolvimento social dos sujeitos envolvidos. 

Nessa medida, a FAP vem ampliando o seu campo de atuação e busca, a partir dos cursos de graduação, novos espaços para contribuir na formação de pessoas. Além disso, apresenta pós-graduação que responde pelo anseio contínuo de qualificação e aprofundamento em saberes que produzam impactos positivos e de grande repercussão nas respectivas áreas de atuação.

A identidade profissional do egresso da FAP configura-se em um sujeito atuante que, em sua trajetória, apresenta as marcas históricas do desenvolvimento da sociedade na qual está inserido.